Tag: 5 músicas para…

Meninos e Meninas do meu mundo, eu acho que estou criando uma nova tag!

O objetivo dela é você expressar um momento em 5 músicas! No meu caso, eu resolvi expressar aquela hora que você tem que se soltar para criatividade chegar! Vamos conferir?

Naquele momento em que você está prestes a enforcar alguém ou estar apenas inspirar para ter AQUELA ideia, você para! Agora, leia o que eu tenho para dizer. Eu separei 5 músicas que me ajudam nesses momentos!

 

Começando por Clarice Falcão, Essa é para você.

E agora me fala, a cantora Bluebell não mandou muito bem nessa combinação de décadas passadas e a grande São Paulo? Então, saia do sofá e se toca! Porque nós somos a música!

That’s it. There’s no way. It’s over, good luck! Essa fica em terceiro lugar ^^

Agora aquela para se soltar e segurar a inspiração! Hey, na verdade, essa não dá para ouvir sentado na cadeira! Então aumenta o som e ahazza!

E por última e não menos importante, IVETAAAAA. Gente, sempre fui apaixonado por esse astral da Ivete! ME JULGUEM, mas gosto u.u

Bom, essas aí sempre me salvam! E vocês? O que acharam?

Estou tagueando oficialmente:

Lu (Bolinho Apocalipse) 5 músicas para: Cozinhar

Ana (Livros de Elite) 5 músicas para: Enlouqueçer

Fran (Amásia) 5 músicas para: Trocar/Experimentar  Roupas

Tati (TinyLitteThInGs) 5 músicas para: Viajar!

Espero que tenham gostado! Quem quiser fazer a tag, sinta-se a vontade ^^ Só não esqueçam falar quem criou

Uma coletânea que vale a pena ter na sua estante: Amor Lobo!

Oi Pessoal!

 

Hoje estou aqui para dar minhas expressões sobre um livro: Amor Lobo!

Bom, o fato de ter 9 autores nessa coletânea me assustou um pouco, de primeira. Isso porque não havia, ainda, tido contato com livros (de fantasia) que englobassem mais de 3 autores.

O meu receio foi que ficasse uma coisa meio que, se é que me entendem, frio/quente/frio. Ainda mais, que histórias levianas começassem e terminassem sem nexos e referências.  Acho que devo esse medo devido a outra saga aí, que fez muito sucesso, sobre lobisomens (e vampiros).

Mas essas minhas conclusões precipitadas foram embora logo no primeiro conto. E de fato me assombrou. Ainda mais pelo fato de eu morar no interior, e toda minha infância ouvir contos da minha vó que mora em São Luis do Paraitinga (ROÇA).

Se querem uma dica: comprem e leiam o livro de noite! As personagens criadas passam uma certa realidade na história, o que faz com que você mergulhe mesmo dentro do livro e se sinta parte da história.

Relativo a editora, a Giz Editoria, fez um excelente trabalho de diagramação e ilustração. E devo cada vez mais parabenizar esta por suas boas escolhas, de modo geral.

Não vou contar nada sobre as histórias, só que, o ritmo é certo de amor, sangue, terror, realidade e LOOOOBOS!

 

Um bejo!

 

Quem quiser comprar o livro, fica a dica: http://www.facebook.com/Gizedit

 

Semana do Livro Nacional – Letras do Vale

Olá Pessoal! Como vocês estão?

Bom, hoje eu voltei aqui para falar do Evento: Semana do Livro Nacional • Letras do Vale 2013! Ele está acontecendo (ou aconteceu, não sei quando você está lendo esse post) na Livraria Maxigma, em São José dos Campos (é a Maxigma do Vale Sul Shopping) entre os dias 20 e 28 de julho de 2013!

O que acontece lá? Bom, o objetivo principal é aprestar a literatura nacional/nacional para quem está na livraria e/ou fez a pré-inscrição pelo site, ou ainda, os curiosos de plantão. Para isso a equipe da Pink (Stefânia Andrade, autora da série Melissa), o Nerd (Leandro Reis, escritor de fantasia *-*) e a Elfa ( Juliana Velonessi, autora da saga Filha de Dois Mundos) preparou uma programação RECHEADISSIMA de surpresas, qualidade e brindes!

Eu fui um dos convidados para dar segmento na primeira mesa de discussões do evento, que focalizou a importância de blogs no meio literário. Eu dividi a mesa ainda com a Juliana Almeida (Blog DearBook) e com a Escritora Georgete Silen (autora de diversos livros que eu amo e adoro). E foi realmente bacana ver que os escritores e a população de uma forma geral estão conseguindo perceber o nosso trabalho para/com eles.

O network com outros blogs para mim, particularmente, que estou no começo foi indescritível. Conversar sobre os primeiros passos, dificuldades e compartilhar dicas é fundamental para o crescimento de qualquer pessoa, independente de qual área esteja! Então, deixo aqui meu reconhecimento e agradecimento para a Fran (Blog Amásia e Meu Palanque), a Ana (Blog Livros de Elite), o Leandro Rios (Blog DearBook), enfim, muitos outros que fizeram parte deste dia de programação e que com certeza me ajudaram de qualquer maneira. (Desculpa se eu esqueci de marcar alguém vocês estão aqui: ♥ (ok, meio 5ªsérie isso)).

O Evento ainda está rolando e a programação está aqui: http://letrasdovaleparaiba.blogspot.com.br/

Agora, fiquem com a galeria de fotos do evento ^^

Xoxo

Thiago Galvão.

Com que gravata eu vou?

Há quem use gravata no dia a dia e há aqueles que guardam a peça no fundo do guarda-roupa para um eventual casamento ou formatura. Seja qual for o seu caso, é sempre importante saber a melhor forma de combiná-la.

A cor da gravata não tem que, necessariamente, combinar com a camisa e o terno. Tudo vai depender do seu estilo e da ocasião. Para eventos profissionais ou quando você optar pela discrição, escolha a peça em um tom próximo ao do terno e combine com uma camisa mais clara.

A camisa clara, aliás, é sempre uma boa opção para quando você estiver com pressa ou sem muita criatividade: sendo ela branca, você ficará bem com qualquer cor e estilo de gravata.

Para ousar, o acessório é a peça ideal. Mantenha a camisa clara e o terno preto ou cinza e combine com uma gravata com um tom mais forte. Amarelo e lilás são as cores do momento.

Uma aposta não tão fácil de acertar, mas que pode ser bem interessante, é compor o visual com camisa e gravata estampadas. Neste caso, uma das peças deve ter uma padronagem menor e a outra pode apresentar padrões maiores. Que tal experimentar?