Literatura ~satanista~ fantástica ¬¬’

Oi Oi Gente, voltei hoje para escrever sobre um assunto que está me incomodando muito e é um fantasma que vai e volta na vida de leitores ~e autores~ de literatura fantástica.

sagas-fantasticas-6

Desde sempre, políticos, igrejas, pais e tolos julgam a literatura fantásticas por ter presente os seres mitológicos e seres fora da realidade.

Um exemplo claro é que, aqui na minha cidade, Capital Nacional da Literatura Infantil, Taubaté, receberam uma série de kits da Editora Melhoramentos para a distribuição para estudantes do ensino fundamental da rede Municipal de Ensino. Entre as obras encontramos influentes nomes da literatura fantasiosa como: Edgard Allan Poe e Franz Kafka. Porém parece que os ilustríssimos não conseguem assemelhar uma literatura fantástica. Leem e levam ao pé da letra coisas como um sacrifício de animais, que, dentro da história por um completo, pode fazer sentido.

Mas não vim falar de política, vim dar minha opinião sobre o preconceito existente na literatura.

Esses ‘julgamentos’ sempre para o lado pessimista, esquece que estamos falando de um livro de ficção. Com cenários suficientemente fantásticos e mitológicos, não é de se acreditar que o Brasil consiga ser tão cabeças duras.Mas tão comum para um país que demorou aceitar Harry Potter, Senhor dos Anéis, Alice e outros grandes nomes mundiais da literatura.

Só lamento que exista um preconceito tão grande que distancie Literatura como Arte da Literatura como Entretenimento. Até porquê muitos autores que foram considerados puro entretenimento ganharam seu espaço na história com o tempo. E também não vejo o menor problema em ler algo só por diversão, sem obrigação filosófica alguma.

Alicia1

Entretanto os índices de leitura não sejam muito promissores no Brasil, esses  autores juntos alcançam números que fogem da curva da média com sensível vantagem e podem se orgulhar de já terem vendido livros na faixa dos milhões. Sim, é verdade. Seus fãs são fiéis e, a cada lançamento, esperam ansiosamente para ter seus livros comprados e autografados. Em tempos de crise de leitura, eles podem ser chamados de verdadeiras estrelas literárias.

Me desculpem grandes políticos e igrejas. O sistema de ensino que obriga as crianças a lerem obras que não estão prontas para entender. Mas não forcem a literatura para as crianças, eles sabem o que eles querem ler ^^ Nada contra os clássicos. Acho que tem hora para tudo.

Um texto de opinião

Assinatura

Anúncios

Capital Nacional Da Literatura Infantil? Acho que não

chuva-de-giz

Angelo Rubim

Olá Gente, Tudo bem? Tudo bom? Como vocês estão?

Hoje eu vim aqui simplesmente para deixar clara minha insatisfação, meu descontentamento e minha revolta sobre as politicas públicas da minha cidade (: Não sou de escrever sobre este tema, mas ao decorrer do texto verão que tem tudo a ver com minha vida, o blog e o mundo literário esta breve crítica.

Quando enveredei pelo mundo dos livros, e, um tempo depois, pelos dos blogs, eu conheci muita gente que ficava admirada pelo fato de eu ser de Taubaté.

Para quem não sabe, Taubaté, interior de SP, que com seus quase 300 mil habitantes, foi decretada a Capital Nacional da Literatura Infantil em Março de 2011, titulo que foi totalmente entregue para a cidade.

O porquê deste titulo é: homenagear a grande trajetória de Monteiro Lobato, que para ~oxê~ quem não sabe, é um grande escritor, não somente de literatura infantil, mas que nasceu e morou em Taubaté. E lá brotou uma das suas maiores obras: O Sitio do Pica-Pau Amarelo.

3.15.imagem_museu

O sitio, um espaço de 20 mil m², está lá, com o mesmo casarão do século 19, mas se hoje o chão não range e o teto não goteja, é graças ao grande trabalho e esforço da coordenadora do museu.

Mas quem chega para visitar o local onde foram escritas as maiores obras literárias do país, não tem amparo nenhum, sem estacionamento para os visitantes, os ônibus das mais de 100 mil crianças que passam por ano pelo local ficam a deriva na rua, atrapalhando também o trânsito nos arredores do local. Não se encontra um restaurante, uma lanchonete próximo, ao local. No próprio sítio não exite um local onde se possa lanchar, as excursões. Acho que fica difícil ver encantamento num local onde as coisas não giram.

2285324073

Rogério Marques

O mau aproveitamento das bibliotecas e espaços públicos deixa muito a desejar. Pode parecer um texto batido, que toda cidade falar, e infelizmente é. Mas não posso deixar mais um dia sem, pelo menos, da minha maneira, criticar esses hábitos taubateanos.

Temos como exemplo os prédios da Companhia Taubaté Industrial e a Vila Santo Aleixo (fotos abaixo), que estão ao tempo e que, hoje, não servem para nada, mas poderia ser transforados em grandes centros culturais e de incentivo a leitura, educação e cultura. Um símbolo tão expresso quão a torre do relógio que se vê quase da cidade inteira, ficar assim, não dá.

cti

Angelo Rubim

1654633_731939226824766_1766630139_o

Angelo Rubim

O Teatro Municipal, se encontra em calamidade. A parte estrutural está bem discutível, depois do tempo que passou fechado para reforma. E com uma programação bem escassa fica o nosso pedido para instituição públicas e privadas, para o incentivo para a cultura de ir ao teatro, e não ao rolezinho em um shopping :p

882180_573808099304547_794093514_o

Angelo Rubim

Os protestos de Junho deixaram apelos para os governantes, também de Taubaté. Que a educação seja melhorada, que os espaços sejam utilizados, que Taubaté SEJA a Capital Nacional da Literatura Infantil.

1001067_643572975671532_1521356160_n

Duh Mendes

7964_643574022338094_113293256_n

Duh Mendes

1010241_643573609004802_1245167274_n

Duh Mendes

Se Taubaté tem seu nome inscrito na história da cultura nacional por ter dado ao país nomes como Monteiro Lobato, Amácio Mazzaropi e Hebe Camargo, hoje tem a missão de recuperar sua reputação e superar o caos.

Grato pela atenção 9:

Agradeço também aos fotógrafos colaboradores para este post que gentilmente cederam as obras para eu utilizar: Ângelo Rubim, Duh Mendes e Rogério Marques.

Assinatura

O pioneirismo tem que continuar! Almanaque Taubaté

Gente, caiu em minhas mãos na semana do dia  05 de Dezembro, a revistinha produzida pelo Almanaque Urupês: o Almanaque Taubaté! E hoje eu vim contar o que eu achei do informativo.

1469852_700142103352111_1235268239_n

Primeiramente, o projeto pioneiro na cidade visa mostrar os cidadãos um lado curioso da história e acontecimentos marcantes do município. E por se tratar de um material cultural e de distribuição gratuita, logo caiu em gosto popular.

Desde os primeiros capítulos vemos notas históricas que se entrelaçam com o dia a dia. Os rios que correm o centro da cidade (por baixo), cada canto e cada rua com a história contada.

Conseguimos encontrar também nessa mini enciclopédia de notas, informações como: A formação do Vale do Paraíba,páginas que provam com anotações arqueológicas sobre os primeiros povos de Taubaté, a língua originária, enfim, é um material de ouro e que conta tudo sem deixar aquele clima maçante de aula de História C-H-A-T-A!

#Curiosidades – No almanaque encontrei diversas anotações rápidas sobre fatos mais do que curiosos sobre a evolução do município.

E para quem achar pelos cantos das páginas do livreto os QRCodes de Links curtos, terá acesso a um mundo de maiores informações no portal do Almanaque!

1461301_700142133352108_743674437_n

É um material de OURO ~repetindo~ E quem quiser saber mais é só acessar: http://www.almanaquetaubate.com.br/

E leva a primeira votação do blog!!!

Ganhou 5 livrinhos

Sem Título-1

 

Assinatura Blog

#Evento • Troca de Livros em Taubaté ;)

00168920130509174504

O Senac Taubaté promove, entre os dias 22 e 25 de outubro, a Feira de Troca de Livros, um evento que possui como principal objetivo compartilhar a troca de conhecimento, estimulando a renovação contínua de leitura.

Durante a ação, alunos, professores e frequentadores ou não da biblioteca do Senac Taubaté poderão trocar obras que já leram por outro título disponível, como livros de literatura estrangeira, nacional, infantil, infanto-juvenil e gibis. A feira ocorre na biblioteca da unidade e conta com Oficina de Origami, Apresentação de Moçambique e Roda de Conversa Interativa.

Segundo Rozeli de Fátima, responsável pela Biblioteca do Senac Taubaté, são aceitos apenas materiais em bom estado de conservação e literatura de boa qualidade. “As trocas são de livro por livro e gibi por gibi. Não serão permitidos materiais didáticos, de cunho político ou religioso, enciclopédias, dicionários, guias e revistas”, afirma.

Por meio dessa ação, reciclam-se materiais de leitura, fomentando a difusão de informações com obras que passam pelas mãos de quem geralmente não tem oportunidade de adquiri-las pela compra.

???????????????????????????????

Conheça as regras para a troca:

1. Os materiais recebidos na troca devem estar em bom estado de conservação;
2. A troca será de livro por livro e gibi por gibi;
3. Serão permitidos livros de literatura estrangeira, nacional, infantil, infanto‐juvenil e gibis;
4. Não serão aceitos materiais didáticos, livros de cunho político/partidário, religioso, lista de endereços e telefones, teses e dissertações, enciclopédias, pornográficos e sobre sexologia, código civil e legislação e livros de informática.

Para obter mais informações sobre  o evento, basta entrar em contato com o Senac Taubaté pelo telefone (12) 2125-6099 ou acessar a programação da feira pelo portal www.sp.senac.br/taubate.

 

#ENDEREÇO

Senac Taubaté

Endereço: Rua Nelson Freire Campello, nº 202 – Jardim Eulália

Ligação! Festa Literária já está acontecendo no Sitio do Pica-Pau Amarelo ;)

osita13-620x400

Foto: Almanaque Urupês

Com a apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem de Taubaté, foi aberto dia 08/10, no Sítio do Picapau Amarelo, a 4ª edição do Ligação (Literatura Infantojuvenil,Games e Artes em Ação).

O evento, fruto da parceria entre a Prefeitura, o Instituto Todo Mundo, A Unitau e o Cidade de Conhecimento da USP, irá promover até o dia 13 de outubro oficinas, contação de histórias, exposição, palestras e workshops.

“Será uma semana de muita brincadeira, conhecimento e acolhimento no Sítio do Picapau Amarelo”, explicou Márcia Moura, organizadora do Ligação.

Coordenadora do Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato, Tina Lopes, que fez parte da Mesa de Abertura, explicou aos presentes os Cataventos, que fazem parte da decoração do Ligação: “Os cataventos são sinais de bons ventos, boas energias. Que a semana seja de muito boa energia para todo mundo e que traga coisas novas”.

Representando o prefeito Ortiz Júnior (PSDB), o Secretário de Turismo e Cultura, Cláudio Marques, contou que o Ligação é uma “misturança de artes” e encerrou sua fala convidando o autor Francisco Gregório Filho à contar um história.

Gregório Filho, que promove hoje (09/10) uma oficina de contação de história no Sítio, recitou a crônica Rosas Silvestres do livro A Descoberta do Mundo de Clarice Lispector.

O evento contou também com a presença do ex- Secretário do Setuc, José Antônio Saud.

Veja a programação completa no site Almanaque Urupês: http://www.almanaqueurupes.com.br/portal/?p=16054

Via Almanaque Urupês

Festival Anime UZ 2013

Para quem acompanha o Blog Livro Aberto ~e eu~ nas redes sociais, sabe que eu estive participando do Festival Anime UZ, que aconteceu no último final de semana, em Taubaté, interior de SP.

E quem foi no evento pode ver muita agitação, muuuuitos cosplays, tiveram a oportunidade de adquirir produtos relacionados a sagas, animes, livros e mangás, e ainda participar de diversas atividades que estava rolando.

Nesta edição, visando ampliar os horizontes do evento, o Blog Livro Aberto estava com uma sala montada, para que os fãs de animes e mangás também comecem a se integrar no meio literário. O sucesso foi certo.

Encontro com Autoras

Encontro com Autoras

No sábado, 14, tivemos encontro com autoras, no palco principal do evento. Georgette Silen e Juliana Velonessi, escritoras da região, bateram um papo com os presentes na feira, esclarecendo dúvidas e contando curiosidades sobre a carreira AUTOR! Nesse dia, o evento contou com mais de 920 visitantes.

Já no domingo, 15, a sala do Blog, ficou inteiramente MÁGICA! Graças aos parceiros do Potter Vale e do Vale Semideus. Gente, sério, a sala ficou a coisa mais fofa do universo. E nesse dia ficamos apenas com um cantinho para expor livros, mas mesmo assim, a visita atingiu números bem significativos, cerca de 1500 pessoas estavam no festival.

Potter Vale

Não é todo dia que você consegue tirar foto em Hogwarts, não é mesmo? E foi essa a grande atração do PV no Anime UZ 2013. A fotos estão sendo divulgadas na FãPage do FC.

Vale Semideus

Quizz sobre os livros, Brindes,  Marcadores e Muita fofura. Pronto, resumi o lado grego da sala (ou romano).

#MegafoneDaDepressão

Foto: Millenium - Anime Club

Foto: Millenium – Anime Club

Uma das coisas mais marcantes ~e digamos que irritantes~ foi a minha pessoa quando tomou posse de um MEGAFONE. Sim, o pessoal ~com problemas mentais e sem visão de consequências~ do Vale das Festas me presentearam com um megafone.

O resultado foi um chato tocando músicas e agitando a galera, em partes foi muito legal.

XUXU

Este é o Xuxu

Este é o Xuxu

Vale agradecer e lembrar exclusivamente de uma pessoa aqui. O Lucas Oliveira, ou carinhosamente apelidado de Xuxu. Ele estava sempre atento para caso nós precisássemos  de algo, muito obrigado xuxu.

O evento em geral, na minha opinião, foi bem mais organizado no domingo, porém ambos os dias foram muito agradáveis. Fazer novas parcerias, rever velhos amigos, e dançar Lelek com leque e a moça da peruca? Não tem preço!

1238010_515988741819092_1076053219_n

Alexandra Ohashi ahazando no passinho do volante. E não, não é peruca e.e

Agradecemos muito também ao nosso parceiro, Maximus Breau de Impressão e ao Vale das Festas, também nosso parceiro.

Espero que tenham gostado do evento e do post.

As fotos estão disponiveis na fãpage (:

Xoxo

Assinatura Blog